Carla Dickson faz Balanço dos primeiros meses de mandato

Eleita com quase 8 mil votos, a Oftalmologista Carla Dickson, vem se destacando em seu primeiro mandato na Câmara Municipal de Natal. Nos primeiros  meses de 2016, a Vereadora tem se mostrado atuante, propondo e aprovando projeto e requerimentos que vem fazendo a diferença na vida do natalense.

Durante esse período foram mais de 120 requerimentos aprovados, alguns já com obras em andamento, como calçamento de ruas, iluminação pública, pavimentação dentre outros, além disso, 15 projetos já foram propostos e aprovados, é um total de 5 sancionados, os quais vem dando um destaque ao mandato.

Podemos destacar as leis que institui “O Dia Municipal do Pastor Evangélico o “Dia Municipal de combate a Cegueira é o glaucoma”, o Março lilás, que mobiliza a sociedade contra o câncer do colo do útero, já é uma realidade. 

O seguimento Evangélico vem ganhando espaço dentro do mandato, com a criação da ” Frente Parlamentar Evangélica”, através dessa frente, temas importantes como, violência contra a mulher, combate ao uso de drogas, dentre outros assuntos, tem sendo discutidos no âmbito da Câmara Municipal junto com a sociedade.

A sua participação em comissães é outro fator de destaque, hoje Carla Dickson faz parte de três, a de Saúde, a qual ocupa a vice- presidência, a de Pessoa com Deficiência, além da comissão de regimento interno da casa.

“Estamos cumprindo nosso papel e honrando a credibilidade que nos foi depositada através do voto, iremos continuar trabalhando para o bem estar da população de Natal, independente de qual região seja, hoje nosso trabalho está em todas as zonas da cidade, continuaremos assim”, afirmou Carla Dickson. 

Currais Novos desiste de título de cidadão para Lula

A Câmara de Vereadores de Currais Novos retirou da pauta da sessão dessa quarta-feira a propositura da vereadora Tércia Leda (PT), autora do pedido de concessão de título de cidadão para o ex-presidente. Foi a própria parlamentar quem decidiu não colocar o item em votação.

VEJA TAMBÉM

 

TÍTULO DE CIDADÃO PARA LULA GERA MANIFESTAÇÃO EM CURRAIS NOVOS

O recuo se deu após pressão de movimentos contrários ao petista sobres vereadores, que foram indagados por que a Câmara de Vereadores concederia o título a alguém condenado pela Justiça e por que igual concessão não foi dada a pessoas, que não sendo de Currais Novos, empregam seu esforço e trabalho pela cidade.

Como os vereadores simpatizantes do projeto captaram que não iriam conseguir o número mínimo de votos para aprovar a matéria (sete), desistiram do requerimento.

Lula tem agenda em Currais Novos no próximo dia 27 deste mês, dentro de uma programação nacional do PT de sair pelo Brasil com o ex-presidente para fortalecer sua imagem para o ano de 2018, de eleições nacionais.

 

Título de cidadão para Lula gera manifestação em Currais Novos

Com chegada prevista pra o próximo dia 27 em Currais Novos, o ex-presidente Lula já está causando discussões e manifestação na cidade seridoense. Isso porque na noite desta quarta-feira, 9, será votado na Câmara Municipal, a concessão do título de cidadão currais-novense para o petista, em proposição da vereadora Tércia Lida, que será apreciada pelos 13 vereadores da Casa, os quais estão sofrendo pressões populares contra a homenagem.

Segundo um dos organizadores do protesto, Charles Dantas, “muitos trabalhadores, policiais e pais de família fazem muito pelo município e nunca receberam o título de cidadão, agora querem dar para um condenado pela Justiça, um péssimo exemplo e vamos pressionar os vereadores contra esse absurdo”, declarou.

Um movimento nas redes sociais pretende inflar o boneco “Pixuleco”, com a imagem do político com roupa de presidiário, será colocado na cidade.

Fonte: portal no ar

Nova Procuradora-Geral da República discutiu posse com Michel Temer as 22 horas de ontem

Da Folha – A subprocuradora da República Raquel Dodge, sucessora de Rodrigo Janot no comando da PGR (Procuradoria-Geral da República), afirmou à Folha que se reuniu com o presidente Michel Temer na noite de terça (8) para discutir a agenda de sua posse no cargo, em setembro.

“O presidente indagava sobre a data e horário possível para a minha posse, pois precisa viajar para os Estados Unidos no dia 18 de setembro, segunda, para fazer a abertura da Assembleia Geral da ONU no dia 19. O mandato do PGR termina no dia 17, domingo”, disse Dodge.

“Por esta razão, a posse será de manhã, em vez do final da tarde”, afirmou. Dodge esteve no Palácio do Jaburu por volta das 22h de terça, segundo imagens registradas por um cinegrafista da TV Globo. O encontro não constava da agenda oficial de Temer. O Palácio do Planalto confirmou a informação de Dodge sobre o motivo da conversa.

O encontro de Temer com Dodge ocorreu no mesmo dia em que a defesa do presidente entrou com pedido no STF (Supremo Tribunal Federal) de suspeição de Janot nas investigações. Os advogados do peemedebista alegam que o procurador-geral atua para perseguir pessoalmente o presidente. O procurador-geral não comentou o assunto. A Folha questionou o Planalto sobre a razão de o encontro ocorrer fora da agenda oficial, mas ainda não teve resposta até a publicação deste texto

Nelter Queiroz vai à SETHAS em busca de benefícios para São Vicente e Paraú

Nesta terça-feira (8) o deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) cumpriu agenda na Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social (SETHAS), no Centro Administrativo Estadual.

 

Na oportunidade, o parlamentar levou comitiva formada por Antônio de Narciso (prefeito de Paraú), Iracema Pereira (prefeita São Vicente), Joci Lins (ex-prefeito de São Vicente) e Jane Maria (secretária chefe de gabinete da Prefeitura de São Vicente) para debater com a secretária Juliane Faria a realização de programa sociais nestes dois municípios.

“Dentre os pleitos, estiveram: a destinação de cheques do Programa Microcrédito do Empreendedor, a construção de casas populares dentro do Programa Moradia Cidadã e a realização do Programa Vila Cidadã. Agradeço a secretária Julianne Faria e sua equipe por ter nos recebido e ouvido atentamente cada um dos pleitos realizados, que visam a melhoria da qualidade de vida da população destes dois importantes e queridos municípios”, frisou Queiroz.

Navio da Marinha que resgatou 220 refugiados no Mediterrâneo atraca em Natal e abre para visitação

Por G1 RN – A Corveta Barroso, da Marinha do Brasil, atracou no Porto de Natal nesta quinta-feira (10). O navio, que em setembro de 2015 participou de uma missão internacional e resgatou 220 refugiados que estavam à deriva no Mar Mediterrâneo, vai ficar na capital potiguar até o domingo (13). Porém, quem quiser conhecer o navio por dentro e por fora, vai ter a oportunidade no sábado (12). A visitação, que é gratuita, pode ser feita entre as 14h e 17h.

 

Ainda de acordo com a Marinha, o navio será o Capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas do Líbano (FTM-UNIFIL). A missão de paz, que é comandada por um almirante brasileiro desde o seu estabelecimento, em 2011, atualmente conta com a participação de aproximadamente 900 militares e sete navios das Marinhas do Brasil, Bangladesh, Alemanha, Grécia, Indonésia e Turquia.

 

“A presença do navio brasileiro naquela região contribui para a garantia da paz e da segurança e para o adestramento de militares pertencentes à Marinha Libanesa. Em setembro de 2015, a Corveta Barroso notabilizou-se ao resgatar 220 refugiados no Mar Mediterrâneo, que se encontravam à deriva em uma embarcação precária a cerca de 300 quilômetros da Sicília. Tal ato mostrou ao mundo a competência, a humanidade e a solidariedade daqueles que realizam esta tarefa gloriosa de prover a paz”, ressalta a Marinha do Brasil.

 

Atualmente, a corveta Barroso é comandada pelo capitão de fragata Dino Ávila Busso, e conta com 195 militares a bordo. De projeto e fabricação nacionais, a embarcação tem 103,5 metros de comprimento, 2,4 mil toneladas de peso, e alcança uma velocidade de 30 nós (com turbina a gás).

 

O navio, que deixa Natal no domingo, segue com destino à área de operações cumprindo escalas logísticas em Las Palmas (Espanha) e Toulon (França). Deve chegar em Beirute (Líbano) no dia 8 de setembro.

Prefeitura de São Vicente realizou levantamento sobre a situação das quadras de esportes da zona rural, com intuito de oferecer condições as práticas esportivas

A prefeitura de São Vicente em parceria da secretaria de obras com a coordenação de esportes, realizou um levantamento sobre a situação das quadras de esportes da zona rural, com intuito de oferecer condições as práticas esportivas nessas localidades.

As primeiras manutenções foi na quadra do sitio Torrão, incluindo a iluminação e material esportivo para treinamentos diários.

Os coordenadores também visitaram a quadra do sítio Quinquê, onde será feita serviços de limpeza, manutenção e disponibilizado material esportivo.

A próxima visitação será na quadra de Ritinha Capitão e ginásio do colégio Inácio Félix onde serão vistas e priorizadas as necessidades dessas comunidades.

Por falta de auxílio governamental, mães de crianças com microcefalia protestam em Natal

Mães de crianças com microcefalia se reuniram em um protesto realizado em Natal, nesta segunda-feira (7), para reclamar das falhas no atendimento aos pacientes da doença. Elas reclamam das recorrentes interrupções do atendimento médico por causa das greves dos servidores públicos, e também da falta de medicamentos na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat).

 

A dona de casa Valdenice Almeida, mãe da menina Vitória, portadora da doença, diz que parte do tratamento da filha, a fisioterapia e terapia da visão, está prejudicado em virtude das paralisações. “Agora já faz um mês que tá em greve o CRI (Centro de Reabilitação Infantil”, reclama.

 

As mulheres, carregando os filhos, se juntaram em frente a Governadoria do Estado, no Centro Administrativo, para pedir melhorias na oferta de tratamento por parte do Estado. No que diz respeito aos remédios, as mães de crianças com microcefalia reclamam da falta de medicamentos fornecidos gratuitamente na Unicat para controlar as crises convulsivas das crianças. Segundo elas, o remédio está em falta há nove meses. Nas farmácias, o medicamento, que dura menos de um mês, custa R$ 300.

 

“Dizem que está em falta e não tem nem previsão de chegar”, é o que afirma a dona de casa Érica Santos, mãe de uma paciente, sobre o que informam os servidores da Unicat a respeito dos remédios. Érica afirma ainda que precisa retirar dinheiro do benefício da filha para arcar com a despesa.

 

Em nota, a Unidade Central de Agentes Terapêuticos informou que está em andamento um processo emergencial para aquisição dos medicamentos. Em relação à greve dos servidores, que durou mais de um mês, a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) disse que a paralisação terminou na sexta-feira (4).

Por Ediana Miralha, Inter TV Cabugi